sexta-feira, julho 15, 2011

ANJO


ANJO


Um anjo bateu em minha janela
Trazendo musica pra me acordar
Mostrou-me a lua.
Iluminou meu coração.
Subiu a serra
Visitou as Araucárias.
E o sol foi testemunha
Do reencontro.
Sorrindo ao amanhecer.

Fomos ao Templo
E deixamos os mantras
Abençoar-nos.
Lá no alto o anjo tomou chimarrão.
Sorriu e viveu.
Na essência e magia
Da amizade.

Na trilha do caminho
Entre morros verdejantes
E o aroma da pitangueira
No ar.
Exalando vida.
E o anjo amigo
Busca no encontro
O valor da amizade.

Na brisa da tarde
No pôr do sol de Portinho.
O anjo vive aquele momento sagrado.
A amizade.

Nas águas do rio abençoado
Laços foram fortalecidos
E no silêncio da tarde
O anjo amigo.
Deixa marcada sua presença.
No solo gaúcho.

Na voz e no canto
Que encanta.
Musica no ar.
Emoção no coração.
Embalados pela sinfonia
Como um pássaro
Que busca a acolhida
No repouso da amizade.

O anjo despediu-se
Na esperança de um novo
Amanhecer.
Voou por entre nuvens
E deixou saudades
Mas a certeza de um novo reencontro.
E o anjo foi-se na melodia do Vento...

Vera Salbego

Na Sombra dos Jacarandás


Nas sombras dos jacarandás
No ritmo da poesia
No ritmo da emoção
Fiz minha estréia
Na Praça Cultural
50º Feira do Livro de Porto Alegre.

Vi o sonho de outrora
Se realizar.
Na espera do tempo.
Desnudei a magia
Da palavra.
Que agora em livro
Trago VITRINE DO CORAÇÃO.
Para ser apresentado
Ao mundo mágico da Literatura.

A cortina se abre para a poetisa
Apresentar sua obra.
Mostrar os mistérios da poesia
Que se desnudam do tempo
Para chegar ao presente, agora!

No perfume que exala
Dos jacarandás em flor.
Nasce uma poetisa.
Manifestando sua arte.
Para o mundo de leitores.

Vera Salbego

OBRIGADA PELA VISITA.

AGRADEÇO A VISITA NO MEU BLOG.VOLTEM SEMPRE.AO COPIAR OS TEXTOS NÃO ESQUEÇAM DE COLOCAR O NOME DO AUTOR.ESSA É A LEI DOS DIREITOS AUTORAIS.