sexta-feira, novembro 23, 2012

POESIA AUTOBIOGRAFICA

Sou mulher, fêmea... Que leva a vida com sua poesia. Fêmea com sua sensibilidade A flor da pele. Amiga, irmã Trago no coração O carinho da amiga E nos braços o abraço de irmã. Minha sensibilidade Faz-me ser consciente Dos problemas da Sociedade. Preocupo-me com os desamparados. E meu coração gostaria de aconchegar a todos. Odeio tudo que for Preconceito. Nada vejo de diferença. Afinal, todos somos filhos do grande Pai Celestial. Sou guerreira. Enfrento a vida de cabeça erguida. Sou determinada e corro atrás dos meus sonhos. Sou de poucas palavras Pois prefiro as ações. Muitas vezes me magoo com facilidade. Minha sensibilidade e minha alma Estão muito prementes e envolvo-me inteiramente. Nas coisas que faço. E nas amizades que tenho. Entrego-me inteiramente. Não vejo a maldade e a deslealdade. Que muitas vezes encontro no meio de um sorriso Ou de um abraço. Mas, prefiro ser assim. Acreditando nas pessoas. E deixando-me levar pelas minhas Poesias. Sou simples e acredito no Sonho. Senão não estaria aqui fazendo da palavra. A minha AUTOBIOGRAFIA. Descrevendo-me como sou. E crendo nas minhas convicções. E nas minhas raízes. Deixadas por meus ancestrais. Que vieram além mar. Da nossa amada Itália. Onde um dia meus pés pisaram. Nestas terras para sentir Em minha alma e coração. A essência que busco de minhas raízes. Onde deixarei um dia publicado meus versos. Na língua Italiana. Marcando assim a minha passagem. Por estas terras. E deixando no coração da poetisa. A realização de um sonho. Esta é a VERA SALBEGO CÔNSUL DE GUAÌBA RS/EMBAIXADORA DA PAZ CERCLE UNIVERSEL DES AMBASSADEURS DE LA PAIX SUISSE / FRANCE/DELEGADA DA FEBACLA PARA O RIO GRANDE DO SUL Poetisa que faz da Poesia seu Lema de Vida!

sábado, maio 19, 2012

Na Sombra dos Jacarandás

Nas sombras dos jacarandás No ritmo da poesia No ritmo da emoção Fiz minha estréia Na Praça Cultural 50º Feira do Livro de Porto Alegre. Vi o sonho de outrora Se realizar. Na espera do tempo. Desnudei a magia Da palavra. Que agora em livro Trago VITRINE DO CORAÇÃO. Para ser apresentado Ao mundo mágico da Literatura. A cortina se abre para a poetisa Apresentar sua obra. Mostrar os mistérios da poesia Que se desnudam do tempo Para chegar ao presente, agora! No perfume que exala Dos jacarandás em flor. Nasce uma poetisa. Manifestando sua arte. Para o mundo de leitores. Vera Salbego D.A.Reservados do Livro Caminhos

terça-feira, maio 01, 2012

Medalha Leonardo da Vinci - ANBA / CMN

ACADEMIA NITEROIENSE DE BELAS ARTES LETRAS E CIÊNCIAS, PRESIDENTE NACIONAL CHANCELER DR. EDSON CARVALHO DE LUNA FREIRE E A CÂMARA MUNICIPAL DE NITERÓI PRESIDENTE DR. PAULO LEAL BAGUEIRA, CONVIDAM PARA A SOLENIDADE DE OUTORGA DA MEDALHA LEONARDO DA VINCI PARA OS ARTISTAS, ESCRITORES, POETAS E PERSONALIDADES QUE SE DESTACARAM NO MEIO CULTURAL ARTÍSTICO SOCIAL E INTELECTUAL, NO DIA 27 DE ABRIL ÀS 15H NO PLENÁRIO DA CÂMARA MUNICIPAL DE NITERÓI, AV. AMARAL PEIXOTO – 625 – CENTRO – NITERÓI – RJ - SÃO ELES: Alceo Luiz de Costa Alexandre Rapoport Antônio Calazans Ana Pirolo Arilce Xavier C. Ferreira Carlos Alberto de Sousa Carlos Palla Cristina Lisboa Deise Formentin Diá Cordeiro Edson Luiz Marques Heitor Luiz Murat Ícone Rocha Oliveira Isis Renault Leda Mendes Jorge Maria Helena de Castro - Leninha Marli Silveira Maria Alice Lima Ferreira Mario Capelluto Messody Benoliel Monica Yvone Rosemberg Oliveira Caruso Osvaldo Junior Pansera Waczuk Paulo Ceccheti Rogério Araujo - ROFA Romário Batista Rozelene Furtado de Lima Sandra Artioli Sergio Rodrigues Piranguense ( TARZAM ) Silvana Borges Sissa Schultz Tais Monteiro Thereza Toscano Ulysses Teixeira Vadinho Vanessa Rodrigues Vanderlei Assis de Souza Vera Lúcia Martins Salbego

sexta-feira, abril 13, 2012

Comenda Lobo da Costa

Comenda Lobo da Costa
Na última segunda-feira, 26 de março, às 19 hs, em solenidade realizada no Museu Julio de Castilhos, a Sociedade Partenon Literário homenageou um grupo de artistas gaúchos, entregando-lhes a Comenda Lobo da Costa. Tive a honra de integrar o grupo agraciado, por uma inusitada e generosa lembrança da Sociedade e de seu Presidente, o escritor e ativista cultural Benedito Saldanha.



Recebendo a Comenda das mãos do escritor Benedito Saldanha.




Receberam a Comenda Lobo da Costa - Edição 2012: Diego Petrarca (poeta e professor), Elroucian Motta (poeta), Bianca Obino (cantora), Lilia Manfroi (poeta e artista plástica), Jerônimo Jardim (cantor e compositor), José Renato Leão (diretor teatral), Márcio Gobatto (produtor cultural), Vera Salbego (poeta e professora), Alcir Nicolau (escritor), Airton Pimentel (cantor), Aury Hilário (músico), Nestor Monastério (diretor teatral), Landro Oviedo (professor), Ademir Bacca (poeta) e Letícia Möller (escritora).

A Comenda recorda Francisco Lobo da Costa (1853-1888), importante nome da poesia romântica gaúcha do século XIX. Lobo da Costa nasceu em Pelotas, onde faleceu precocemente. Dedicou-se não só à poesia, mas também ao jornalismo, à ensaística e à dramaturgia, e foi membro integrante do Partenon Literário.

quarta-feira, abril 11, 2012

Canção da Estação Ferroviária


Canção da Estação Ferroviária


Pus o meu sonho nos trilhos
E o trem a deslizar
Depois abri meu coração
E deixei ás sensações
Da infância invadir meu ser
Ouço o trem que vai chegar
E logo vai partir...
Multidão a caminhar
Na Estação Ferroviária.

O vento Minuano
Sopra de Mansinho
O apito do trem...
Que embalado pelas doces recordações
Vê seus belos vagões prateados
Deslizando sobre os campos verdejantes.

Dessas terras
Da nossa Fronteira Gaúcha
Parando em minhas Memórias
Neste século XXI.

Abro meus olhos
Vejo apenas um prédio
Que altivo
Mostra a força dessa estação
Que Tombada quer ficar
Para guardar nossas memórias
E deixar deslizar
A força dos meus versos
Para concretizar esse sonho!

Vera Salbego

segunda-feira, fevereiro 27, 2012

OBRIGADA PELA VISITA.

AGRADEÇO A VISITA NO MEU BLOG.VOLTEM SEMPRE.AO COPIAR OS TEXTOS NÃO ESQUEÇAM DE COLOCAR O NOME DO AUTOR.ESSA É A LEI DOS DIREITOS AUTORAIS.