sexta-feira, abril 13, 2012

Comenda Lobo da Costa

Comenda Lobo da Costa
Na última segunda-feira, 26 de março, às 19 hs, em solenidade realizada no Museu Julio de Castilhos, a Sociedade Partenon Literário homenageou um grupo de artistas gaúchos, entregando-lhes a Comenda Lobo da Costa. Tive a honra de integrar o grupo agraciado, por uma inusitada e generosa lembrança da Sociedade e de seu Presidente, o escritor e ativista cultural Benedito Saldanha.



Recebendo a Comenda das mãos do escritor Benedito Saldanha.




Receberam a Comenda Lobo da Costa - Edição 2012: Diego Petrarca (poeta e professor), Elroucian Motta (poeta), Bianca Obino (cantora), Lilia Manfroi (poeta e artista plástica), Jerônimo Jardim (cantor e compositor), José Renato Leão (diretor teatral), Márcio Gobatto (produtor cultural), Vera Salbego (poeta e professora), Alcir Nicolau (escritor), Airton Pimentel (cantor), Aury Hilário (músico), Nestor Monastério (diretor teatral), Landro Oviedo (professor), Ademir Bacca (poeta) e Letícia Möller (escritora).

A Comenda recorda Francisco Lobo da Costa (1853-1888), importante nome da poesia romântica gaúcha do século XIX. Lobo da Costa nasceu em Pelotas, onde faleceu precocemente. Dedicou-se não só à poesia, mas também ao jornalismo, à ensaística e à dramaturgia, e foi membro integrante do Partenon Literário.

quarta-feira, abril 11, 2012

Canção da Estação Ferroviária


Canção da Estação Ferroviária


Pus o meu sonho nos trilhos
E o trem a deslizar
Depois abri meu coração
E deixei ás sensações
Da infância invadir meu ser
Ouço o trem que vai chegar
E logo vai partir...
Multidão a caminhar
Na Estação Ferroviária.

O vento Minuano
Sopra de Mansinho
O apito do trem...
Que embalado pelas doces recordações
Vê seus belos vagões prateados
Deslizando sobre os campos verdejantes.

Dessas terras
Da nossa Fronteira Gaúcha
Parando em minhas Memórias
Neste século XXI.

Abro meus olhos
Vejo apenas um prédio
Que altivo
Mostra a força dessa estação
Que Tombada quer ficar
Para guardar nossas memórias
E deixar deslizar
A força dos meus versos
Para concretizar esse sonho!

Vera Salbego

OBRIGADA PELA VISITA.

AGRADEÇO A VISITA NO MEU BLOG.VOLTEM SEMPRE.AO COPIAR OS TEXTOS NÃO ESQUEÇAM DE COLOCAR O NOME DO AUTOR.ESSA É A LEI DOS DIREITOS AUTORAIS.